Pesquisar neste blog

quarta-feira, 21 de março de 2012

III Assembleia Mundial de Saúde.


Casa

A Assembleia da Saúde Terceira Povos ( PHA3 ) será realizada na Cidade do Cabo, África do Sul (6-11 Julho de 2012) e terá lugar na Universidade do Cabo Ocidental.

A Assembléia será precedida de:

  • "Luta pela Saúde" Um curso de formação de 2 semanas (24 junho - 4 julho 2011). T ele curso será organizado no âmbito da Saúde Pessoas Internacionais do LHP da Universidade Popular ( IPHU ) e vai acomodar cerca de 50 activistas de saúde jovens de todo o mundial com uma maioria tiradas Sub-Sahariana.
  • A Nacional Sul-Africano Assembléia Mundial da Saúde (5-6 julho 2012), que incidirá sobre questões nacionais e, em particular o seguro de saúde nacional proposto para a África do Sul. Os participantes internacionais também serão convidados a participar na assembleia nacional. Para mais informações de contato southafrica.phm @ gmail.com



Carta do Povo para a Saúde (PCH)
A Carta é agora a ferramenta comum de um movimento cidadão mundial do compromisso de tornar o sonho de Alma-Ata uma realidade. Nós encorajamos e convidamos todos os que compartilham nossas preocupações e objetivos para se juntar a nós endossando a Carta. Leia mais >>


Princípios da Carta do Povo para a Saúde

  • A realização do mais alto nível possível de saúde e bem-estar é um direito humano fundamental, independentemente da cor de uma pessoa, etnia, religião, sexo, idade, habilidades, orientação sexual ou classe.
  • Os princípios de Cuidados de Saúde universal, abrangente Primários (CSP), previstos em 1978 na Declaração de Alma Ata, deve ser a base para a formulação de políticas relacionadas à saúde. Agora, mais do que nunca uma abordagem equitativa, participativa e intersetorial de atenção à saúde é necessário.
  • Os governos têm a responsabilidade fundamental de garantir o acesso universal aos cuidados de saúde de qualidade, educação e outros serviços sociais de acordo com as necessidades das pessoas, não de acordo com sua capacidade de pagar.
  • A participação das pessoas e das organizações populares é essencial para a formulação, implementação e avaliação de todas as políticas sociais e de saúde e programas.
  • A saúde é determinada principalmente pelo ambiente político, econômico, social e físico e deve, juntamente com a eqüidade e desenvolvimento sustentável, ser uma prioridade no local, nacional e internacional de políticas.

21 de Março - Dia Internacional contra a Discriminação Racial

No dia 21 de março de 1960, na cidade de Joanesburgo, capital da África do Sul, 20 mil negros protestavam contra a lei do passe, que os obrigava a portar cartões de identificação, especificando os locais por onde eles podiam circular.

No bairro de Shaperville, os manifestantes se depararam com tropas do exército. Mesmo sendo uma manifestação pacífica, o exército atirou sobre a multidão, matando 69 pessoas e ferindo outras 186. Esta ação ficou conhecida como o Massacre de Shaperville. Em memória à tragédia, a ONU – Organização das Nações Unidas – instituiu 21 de março como o Dia Internacional de Luta pela Eliminação da Discriminação Racial.

O Artigo I da Declaração das Nações Unidas sobre a Eliminação de Todas as Formas de Discriminação Racial diz o seguinte:

"Discriminação Racial significa qualquer distinção, exclusão, restrição ou preferência baseada na raça, cor, ascendência, origem étnica ou nacional com a finalidade ou o efeito de impedir ou dificultar o reconhecimento e exercício, em bases de igualdade, aos direitos humanos e liberdades fundamentais nos campos político, econômico, social, cultural ou qualquer outra área da vida pública"

O racismo se apresenta, de forma velada ou não, contra judeus, árabes, mas sobretudo negros. No Brasil, onde os negros representam quase a metade da população, chegando a 80 milhões de pessoas, o racismo ainda é um tema delicado.


Segundo o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento – PNUD – em seu relatório anual, "para conseguir romper o preconceito racial, o movimento negro brasileiro precisa criar alianças e falar para todo o país, inclusive para os brancos. Essa é a única maneira de mudar uma mentalidade forjada durante quase cinco séculos de discriminação”.

segunda-feira, 19 de março de 2012

Estudantes de escolas públicas podem ganhar isenção de taxa de inscrição de concursos públicos.



A Câmara dos Deputados analisa o Projeto de Lei 3.272/2012, que isenta de pagamento de taxa de inscrição em concursos públicos os candidatos que estudaram em escolas públicas. De acordo com a proposta, o benefício vai valer para os concursos promovidos pelos órgãos e entidades da administração pública federal direta e indireta, inclusive para os processos seletivos simplificados para a contratação de pessoal por tempo determinado.


Para ganhar a isenção, o candidato terá que apresentar um requerimento comprovando ter cursado todo o ensino fundamental e o ensino médio na rede pública. O projeto ainda será distribuído para as comissões técnicas da Câmara.






Fonte: Extra Online
http://extra.globo.com/emprego/concursos/estudantes-de-escolas-publicas-podem-ganhar-isencao-de-taxa-de-inscricao-de-concursos-publicos-4258178.html#ixzz1pcG7Ymqs


domingo, 18 de março de 2012

Posse dos novos Conselheiros do Conselho Municipal de Cultura de Duque de Caxias

Participam do evento de Posse dos novos Conselheiros do Conselho Municipal de Cultura de Duque de Caxias, no qual nosso parceiro, O CCAM - Centro Cultural Agué Marê, ocupará uma das cadeiras, entre outras atividades comemorativas da Semana Municipal de Cultura.

Dia: 20 de março
Horário: 19:00h
Local: TEATRO RAUL CORTEZ (Centro Cultural Oscar Niemeyer)
Praça do Pacificador - Duque de Caxias

sexta-feira, 9 de março de 2012

Fisioterapia gratuita!

O HOSPITAL SARAH RIO, especializado em neuro reabilitação, inaugurado no dia 01 de maio de 2009,
na Barra da Tijuca já está cadastrando para atendimento novos pacientes adultos e crianças com as seguintes patologias:

- paralisia cerebral
- crianças com atraso do desenvolvimento motor
- sequela de traumatismo craniano
- sequela de AVC
- sequelas de hipóxia cerebral
- má formação cerebral
- sequela de traumatismo medular
- doenças medulares não traumáticas como mielites e mielopatias
- doenças neuromusculares como miopatias, neuropatias periféricas hereditárias e adquiridas, amiotrofia espinhal
- doença de Parkinson e Parkinsonismo
- Ataxias
- doença de Alzeihmer e demências em estágio inicial
- Esclerose múltipla
- Esclerose lateral amiotrófica em estágio inicial
- mielomeningocele
- espinha bífida
- paralisia facial

O atendimento é totalmente gratuito.

O cadastro para atendimento de novos pacientes é feito exclusivamente pelo telefone: 21 3543-7600, das 08 às 17 horas, de segunda a sexta-feira.

quinta-feira, 8 de março de 2012

Dia Internacional da Mulher

História do 8 de março

No Dia 8 de março de 1857, operárias de uma fábrica de tecidos, situada na cidade norte americana de Nova Iorque, fizeram uma grande greve. Ocuparam a fábrica e começaram a reivindicar melhores condições de trabalho, tais como, redução na carga diária de trabalho para dez horas (as fábricas exigiam 16 horas de trabalho diário), equiparação de salários com os homens (as mulheres chegavam a receber até um terço do salário de um homem, para executar o mesmo tipo de trabalho) e tratamento digno dentro do ambiente de trabalho.

A manifestação foi reprimida com total violência. As mulheres foram trancadas dentro da fábrica, que foi incendiada. Aproximadamente 130 tecelãs morreram carbonizadas, num ato totalmente desumano.

Porém, somente no ano de 1910, durante uma conferência na Dinamarca, ficou decidido que o 8 de março passaria a ser o "Dia Internacional da Mulher", em homenagem as mulheres que morreram na fábrica em 1857. Mas somente no ano de 1975, através de um decreto, a data foi oficializada pela ONU (Organização das Nações Unidas).

Objetivo da Data

Ao ser criada esta data, não se pretendia apenas comemorar. Na maioria dos países, realizam-se conferências, debates e reuniões cujo objetivo é discutir o papel da mulher na sociedade atual. O esforço é para tentar diminuir e, quem sabe um dia terminar, com o preconceito e a desvalorização da mulher. Mesmo com todos os avanços, elas ainda sofrem, em muitos locais, com salários baixos, violência masculina, jornada excessiva de trabalho e desvantagens na carreira profissional. Muito foi conquistado, mas muito ainda há para ser modificado nesta história.

Conquistas das Mulheres Brasileiras

Podemos dizer que o dia 24 de fevereiro de 1932 foi um marco na história da mulher brasileira. Nesta data foi instituído o voto feminino. As mulheres conquistavam, depois de muitos anos de reivindicações e discussões, o direito de votar e serem eleitas para cargos no executivo e legislativo.

Marcos das Conquistas das Mulheres na História

- 1788 - o político e filósofo francês Condorcet reivindica direitos de participação política, emprego e educação para as mulheres.

- 1840 - Lucrécia Mott luta pela igualdade de direitos para mulheres e negros dos Estados Unidos.

- 1859 - surge na Rússia, na cidade de São Petersburgo, um movimento de luta pelos direitos das mulheres.

- 1862 - durante as eleições municipais, as mulheres podem votar pela primeira vez na Suécia.

- 1865 - na Alemanha, Louise Otto, cria a Associação Geral das Mulheres Alemãs.

- 1866 - No Reino Unido, o economista John S. Mill escreve exigindo o direito de voto para as mulheres inglesas

- 1869 - é criada nos Estados Unidos a Associação Nacional para o Sufrágio das Mulheres

- 1870 - Na França, as mulheres passam a ter acesso aos cursos de Medicina.

- 1874 - criada no Japão a primeira escola normal para moças

- 1878 - criada na Rússia uma Universidade Feminina

- 1901 - o deputado francês René Viviani defende o direito de voto das mulheres


s
Ressaltamos também esta homenagem a Tia Ciata.
A ministra Iriny Lopes, da Secretaria de Políticas para Mulheres, participou da abertura do Carnaval da Lapa em 2011, o Rio Marchinhas. O evento, em homenagem ao Dia Internacional da Mulher e à Tia Ciata, aconteceu na Fundição Progresso, nos Arcos da Lapa. A ministra ressaltou a importância de Tia Ciata, a baiana de nascimento Hilária Batista de Almeida. Às milhares de pessoas concentradas nos Arcos da Lapa, Iriny Lopes, que falou antes do show da compositora e cantora Teresa Cristina, lembrou que Tia Ciata representava a coragem da mulher e a cultura popular. Tia Ciata mudou para o Rio aos 22 anos de idade e sustentava a família (14 filhos) vendendo quitutes na rua Sete de Setembro, vestida com as roupas de candomblé, visual que seria adotado posteriormente pelas baianas que comercializam acarajé. Tia Ciata morava na rua Visconde de Itaúna, 117, onde realizava festas e lugar do primeiro samba registrado no Brasil: “Pelo Telefone”, de Donga e Mauro de Almeida. Isso, em1916. Amiga de Pixinguinha, Heitor dos Prazeres, João da Baiana, Donga, Mauro de Almeida, Tia Ciata foi escolhida como personagem do Rio Marchinhas por ser uma mulher de luta, considerada mãe do samba e do carnaval dos pobres.

suapesquisa.com/dia_internacional_da_mulher.htm