A Organização Cultural Remanescentes de Tia Ciata (ORTC), fundada em 2007 por descendentes de Hilária Batista de Almeida (1854-1924), tem como missão a promoção da cultura e a conservação do patrimônio histórico e artístico, através de atividades culturais, direcionadas à educação, saúde, defesa da mulher, desporto e meio ambiente. Sua presidente Gracy Mary Moreira, bisneta de Tia Ciata, representa quatro gerações inseridas de corpo e alma no florescimento da cultura afro-fluminense.

terça-feira, 17 de agosto de 2010

I V MOSTRA CULTURAL DO ILÉ ASÉ ÒGÚN ÀLÁKÒRÓ




Heranças africanas...
Durante quase quatro séculos, os negros africanos foram caçados e trazidos ao Brasil para trabalhar como escravos. Separados para sempre de suas famílias, de seu povo, do seu solo, os africanos foram aos poucos se adaptando a uma nova língua, novos costumes, novo país. Foram se misturando com os brancos europeus colonizadores e com os índios da terra.Tal como aconteceu em outros países da América, a contribuição dos africanos na formação do Brasil foi essencial tanto na composição física da população quanto na formação de sua cultura, que inclui elementos como língua, culinária,religião, música, estética e valores sociais. Sua religião se espalhou rapidamente por todo o país, a música de inspiração negra fez-se consumo nacional, a comida votiva dos terreiros foi para todas a mesas, e assim por diante, ratificando de forma irrefutável a forte presença das influências africanas na cultura brasileira. O Asé Ògún Alàkòró convida você para um passeio por esse universo cultural,sugerindo uma ótima oportunidade para troca de conhecimento e enriquecimento de idéias. Vale lembrar que, para que um povo tenha orgulho de si, é preciso conhecer a sua história, sua origem,saber sobre o seu passado e, acima de tudo, conhecer e respeitar a sua cultura, porque é através dela que esse povo se reconhece e se estabelece.

Promamação

10:00 hs - Cerimônia de Abertura
11:00 hs - Palestra: A herança religiosa
Palestrante: Mãe Meninazinha d’Òsun
Yalorisa do Ile Omolu Òsun

11:40 hs - Palestra: “A história contada nas escolas”
Palestrante: Prof. Carlos Alberto Medeiros
Coordenador de Políticas de Promoção
da Igualdade Racial - CEPIR
12:30 hs - Almoço

14:00 hs - Palestra: Heranças culturais
Palestrante: Profª Tânia Amaro
Diretora do Instituto Histórico de
Duque de Caxias

14:50 hs - Liga Municipal de Capoeira de
Duque de Caxias

15:30 hs – Grupo Cultural AfroDance

16:10 hs – Instituição Afro-Cultural Ojuoba Axé

17:00 hs – Grupo Musical BatuKe de Ciata

18:00 hs – Encerramento com o grupo Ginga Pura

__________________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário